https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Versos que não escrevo

 
Tags:  canção    horizontes    clausura    casco  
 
Declinam as horas
e o relógio insone
às voltas
em círculos fechados
sem horizontes
nos lugares mais altos
colocados
declinam
os ladrões da alegria
os sentidos
o dia
o que sinto
o que existe
a fantasia
e o olhar desce
de cada ausência
do que parece
aguardar
surgir
da sua clausura
como uma prece
com vontade
futura
tempos passados
que já não são
o silêncio
em que julgo ouvir
uma oração.






 
Autor
Carlos Ricardo
 
Texto
Data
Leituras
595
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
39 pontos
5
5
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/03/2016 02:34  Atualizado: 05/03/2016 02:34
 Re: Versos que não escrevo
*não escritos mas latentes na alma e no olhar.
Muito bom te ler!
Abraçoka*


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/03/2016 12:19  Atualizado: 07/03/2016 12:19
 Re: Versos que não escrevo
Muito agradável a leitura dos teus poemas!

Agradeço a partilha!

Um abraço,

Anggela


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/03/2016 16:27  Atualizado: 12/03/2016 16:27
 Re: Versos que não escrevo
J'aime irmãn,
simple votre poetar.

belle le week-end béni