https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Estrela Maior

 


Estrela Maior

A noite traz o luar
No seu brilho liquefeito,
Branca toalha de altar
Em que de noite me deito.

Vejo o céu no teu olhar
E a cor azul do mar
Nesse leito consentido;
E nesse trono divido
Os tumultos desta vida
Que procuro serenar.

Os volteios dos sentidos
De dois amantes perdidos
São asas de borboletas,
Nunca param de adejar;
Puras almas inquietas
Espargem tons coloridos
Na toalha de luar.

E no dossel desse leito
Surgem mais de mil estrelas
Cada qual com sua cor;
Desse quadro tão perfeito
Não sei quem foi o pintor,
Sei que me deito e, ao vê-las,
Tu és a estrela maior.


Juvenal Nunes
















 
Autor
Juvenal Nunes
 
Texto
Data
Leituras
589
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
2
1
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
samisee
Publicado: 24/03/2016 19:46  Atualizado: 24/03/2016 19:46
Super Participativo
Usuário desde: 05/03/2016
Localidade:
Mensagens: 145
 Re: Estrela Maior
"...Os volteios dos sentidos
De dois amantes perdidos
São asas de borboletas,
Nunca param de adejar;
Puras almas inquietas (...)"

Leia mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=307147 © Luso-Poemas

É como ver uma fotografia com sentimentos de nostalgia.