https://www.poetris.com/
 
Contos -> Policiais : 

" MONÓLOGO DO RALO"

 
NÃO IMPORTA O MEU TAMANHO, SE SOU GRANDE OU PEQUENO,PORÉM O PROPÓSITO É O MESMO, SIRVO APENAS PARA DESCARGA DE SUJEIRA!
HOJE ,RESOLVI ABRIR MINHA BOCA NÃO PARA ENGOLIR AGUA SUJA, MAS PARA DESABAFAR.
APROVEITEI UMA LOUCA, QUE DEU IMPORTÂNCIA AO MEU TRABALHO E RESOLVEU ME ESCUTAR E ESCREVER O QUE PENSO.
QUANTAS COISAS PASSARAM PELA MINHA BOCA E DESCERAM RUMO AO ESGOTO?
TENHO VÁRIAS PASSAGENS INTERESSANTES PARA CONTAR, E UMA DAS QUAIS ME MARCOU FOI QUANDO EU JÁ ESTAVA TÃO LIMPINHO, SEQUINHO, CHEIROSO, FECHADO PARA QUE NENHUM “SER” SE APROVEITASSE DA MINHA BONDADE (BOCA ABERTA) E VOLTASSE ESGOTO A DENTRO...
FOI NO OUTONO... GUARDO BEM NA MEMÓRIA ESSE DIA.
JULIO, RECEM CASADO, ESTAVA SOZINHO EM SEU APOSENTO QUANDO A CAMPAINHA TOCOU. ERA SONIA, SUA VIZINHA, TAMBÉM CASADA.
OS DOIS COMEÇARAM A TROCAR CARICIAS, VINDO AO MEU ENCONTRO NUS, ABRIRAM MINHA BOCA, LIGARAM A DUCHA, (MINHA AMIGA DE TRABALHO, SOFRE COMO EU COM AS INJUSTIÇAS DOS SERES HUMANOS, OS QUAIS DIZEM-SER TÃO LIMPINHOS, CARIDOSOS, AMÁVEIS, MAS SOMENTE NÓS QUE VIVEMOS SUA INTIMIDADE SABEMOS VERDADEIRAMENTE QUEM SÃO....) .<br />TARDE A DENTRO.....E EU OBRIGADO A ACEITAR O ATO SEM AO MENOS TER O DIREITO DE PRONUNCIAR-ME, SE ESTAVA DE ACORDO OU NÃO. MAS QUEM SE IMPORTA COM UM SIMPLES RALO?
EU SENTIA DESCER PELA MINHA BOCA AQUELE GOSTO DE ADULTÉRIO, DE SEXO, DE PROMISCUIDADE.
PORÉM QUANDO EU ACHAVA QUE TUDO ESTAVA ACABANDO, OS DOIS DISCUTEM E JULIO PEGA UMA LAMINA E CORTA O PESCOÇO DE SONIA.
EU FIQUEI DESESPERADO.....DEPOIS DE HORAS DE AMOR, VER AQUELA CENA DE TERROR E NÃO PODER FAZER NADA? SENTIA-ME UM INÚTIL, USADO.....PRINCIPALMENTE PARA ESCONDER PROVAS....POIS JULIO, LAVOU-A, DEIXOU QUE TODO SEU SANGUE ESCOASSE SOBRE MINHA BOCA.
NÃO SEI O QUE ELE FEZ COM O CORPO, POIS NÃO TENHO PERNAS, SOU FIXO EM UM LUGAR, E SÓ ME PROCURAM QUANDO PRECISAM DOS MEUS SERVIÇOS, QUE É O DE ELIMINAR AS IMPUREZAS....
A ÚNICA COISA QUE TENHO A DIZER, É QUE SONIA TINHA FAMILIA, FILHOS....ESTAVA GRÁVIDA....TINHA UMA VIDA PELA FRENTE.
SEI QUE VOCE TEM OUTRAS COISAS MAIS IMPORTANTES PARA LER DO QUE DAR IMPORTÂNCIA A UM SIMPLES RALO, MAS PENSE:
ACHA QUE ME ALEGRO AO VER CENAS COMO ESSA?
SOU OUVINTE DE PESSOAS QUE ESTÃO CHEIAS DE PROBLEMAS E APROVEITAM A HORA DO BANHO PARA CHORAR, RESMUNGAR, OUTRAS PARA CANTAROLAR,( SOU OBRIGADO A SER ECLÉTICO TENHO QUE ESCUTAR DE TUDO MESMO, NÃO TENHO OPÇÃO....) SOU TESTEMUNHA DE CRIMES E AS VEZES SUSPEITO, CO-AUTOR OU ATÉ CÚMPLICE....RS TUDO ISSO PORQUE TENHO BOCA MAS NÃO FALO, SOU INANIMADO !
TERMINO ESSE MONÓLOGO...FALANDO COMIGO MESMO.....
SOU UM SIMPLES RALO, A TECNOLOGIA SE IMPORTA COM DUCHAS, COM TORNEIRAS MODERNAS, VASOS SANITÁRIOS COM DESIGN MODERNÍSSIMOS.... MAS O QUE HÁ DE NOVO PARA MIM?
DESDE OS PRIMÓRDIOS AINDA MINHA FUNÇÃO CONTINUA A MESMA, E O PIOR, SEM NOVIDADES.....ALIÁS....SOU UM RALO!
Elen Viana


Elen VianaElen Viana

 
Autor
Elen Viana
 
Texto
Data
Leituras
1404
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/03/2008 18:56  Atualizado: 03/03/2008 18:56
 Re: " MONÓLOGO DO RALO"...p/Elen Viana
Olá poetisa, eu sinceramente nunca li nada comparado ao seu texto. Dá até um embrulho no estômago, ficar imaginando. Os ralos pela cultura chinesa, Feng Shui, são vistos como eliminadores da energia negativa da casa, e precisam todos ficar tampados se não forem usados. Agora, nunca vi um ralo narrando um texto, eu estou aqui estupefata!!...rs...mas achei muito criativo da sua parte!...bjs