https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Deslinda-me

 
Descobre-me como se de um livro me tratasse,
Desvenda-me a cada excerto,
Percebe-me a cada verbo...
Cheira-me com paixão
Toca-me com delicadeza
E estuda-me a cada dia,
Como o primeiro
Livro que descobres...
Abdicarei em mim de,
Páginas com lugares em branco,
Para que componhas
E ilumines a nossa história...

 
Autor
Pedro_Agnès
 
Texto
Data
Leituras
293
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 08/09/2016 12:17  Atualizado: 08/09/2016 12:17
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16132
 Re: Deslinda-me
Pedro
Lindo! Gostei imensamente!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 08/09/2016 12:36  Atualizado: 08/09/2016 12:39
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3397
 Re: Deslinda-me
O título é tudo, menos "deslindo" - isto para dizer que gostei do chamamento. O corpo do poema.... bem, só me acode dizer que não foi a "surpreendência" que eu esperava . o comando implícito nos imperativos, a marcha linear das palavras, as imagens óbvias...

Mas o todo é bonito, a mensagem válida. E o fio da meada, rico bastante para tecer muitos e bons poemas.

E desculpe a intromissão (crítica que intenciono construtiva) - às vezes dá-me para isto, mas é raro, descanse. - só quando me chamam a atenção, e a minha atenção vai atenta.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/09/2016 18:50  Atualizado: 08/09/2016 18:50
 Re: Deslinda-me
Bonito o que foi escrito. Muito bonito.

Um abraço,

Anggela