https://www.poetris.com/
 
Mensagens -> Amor : 

TOMASTE-ME

 
TOMASTE- ME DE ASSALTO

Tomaste-me de assalto,
prisioneira desse olhar,
e tu sabes-me de cor.

Entre o sagrado e o profano, eu escolho ser feliz.

Tu presente, tão ausente,
latente em meu caminhar.
Oculto-te em pensamentos, para te encontrar depois,
suplico-te e tu vens, abres a porta da esperança,
e é só quando vais embora que volto a sentir a lança.

 
Autor
lauravarejao
 
Texto
Data
Leituras
302
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.