https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Distraída(mente)

 
Por vezes parece
que passo distraída pelos momentos,
pelas conversas e mesmo pelo silêncios…

Não sou distraída, sou poeta,
observo, escuto e abraço o mundo envolvente
sem distração, com convicção,
de uma forma que só o poema entende
o meu distrair,
que parece ser distarção
a alguns atentos que andam por aí…

Outros pensam que estou atenta
e é verdade estou atenta na distração de poeta,
no mundo dos pensamentos
onde habita tanto silêncio ruidoso
do universo,
inverso no reverso dos versos,
que alguns poetas pintam na superfície
sem os sentir…
enquanto eu sinto o não sentir…(s)em distração!


Ana Coelho
Os meus sonhos nunca dormem, sossegam somente por vagas horas quando as nuvens se encostam ao vento.
Os meus pensamentos são acasos que me chegam em relâmpagos, caem no papel em obediência à mente...

 
Autor
AnaCoelho
Autor
 
Texto
Data
Leituras
233
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Quandoachuvacai
Publicado: 04/12/2016 11:25  Atualizado: 04/12/2016 11:25
Colaborador
Usuário desde: 21/10/2014
Localidade: Lisboa
Mensagens: 616
 Re: Distraída(mente)
Gostei muito, dizem mesmo que estamos no mundo da lua mas não sabem que observamos tudo ao pormenor, poetas são assim! :) ...