https://www.poetris.com/
Poemas : 

LINHAS

 
LINHAS
Autor: Carlos Henrique Rangel

Um “m” em minha mão
“M” de mão seria
Se não fosse “m” de Maria,
Garota que muito sorria.
“M” de maravilha,
De mar e de novo Maria.

Quantas Marias Tive
Que minha Mão guardaria?
Quantos corpos
Preencheram as linhas,
Marcaram,
Calejaram,
Feriram,
Amaram?

Vejo um “a” de Alice
De Amanda, de Aline.
Quantos “as” mais
Estão cravejados
Entre os dedos?

Outros nomes existem
Mas não estão
Em minhas mãos.
Entre Alines e Marias,
Patrícias, Jussaras,
Sandras e Tânias.
Tantas tive...
Não caberiam nas mãos.

Que os “m” e “as”
Sejam mais.
Nomeados estão
Representantes
Do alfabeto
Do meu coração.

 
Autor
PROTEUSII
Autor
 
Texto
Data
Leituras
164
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.