https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Como a rosa

 
:





COMO A ROSA

Que fortuna tão distante,
que o pensamento imagina
luminosa.
Que esplendor tão rutilante,
daquela ilusão divina,
misteriosa.

Quanto andar, quanta fadiga,
quanta pena e sofrimento
que tortura.
Este evocar que fustiga,
a inclemência deste vento,
tão segura.

E esta vida que já é nada,
mas que noutro tempo fora
tão ditosa;
sem fragrância e desfolhada,
sente saudades e chora
como a rosa.

ALMA HERIDA

Qué fortuna tan lejana,
que la memoria imagina
prodigiosa.
Qué esplendor de la mañana,
de aquella ilusión divina,
misteriosa.

Cuánto andar, cuánta fatiga,
cuánta pena y sufrimiento
que tortura.
Este evocar que fustiga,
la inclemencia de este viento,
tan segura.

Y esta vida que no es vida
mas que yo viviera otrora
como un sueño,
el alma dejome herida,
de tanto como la añora
con empeño.

 
Autor
Juanito
Autor
 
Texto
Data
Leituras
722
Favoritos
6
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
84 pontos
20
8
6
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 05/01/2017 00:16  Atualizado: 05/01/2017 00:16
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3982
 Re: Como a rosa

Que delícia de ler e de ouvir, poeta!
Eu adorei!
Um beijinho!

*-*


Enviado por Tópico
enidesantos
Publicado: 05/01/2017 17:34  Atualizado: 05/01/2017 17:34
Da casa!
Usuário desde: 07/08/2013
Localidade:
Mensagens: 430
 Re: Como a rosa
Foi um imenso prazer ler sua poesia, agradeço por este prazer.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/01/2017 19:35  Atualizado: 08/01/2017 19:35
 Re: Como a rosa
O POETA E A ROSA
Rio de Janeiro , 1962

( E com direito a passarinho)

Ao ver uma rosa branca
O poeta disse: Que linda!
Cantarei sua beleza
Como ninguém nunca ainda!

Qual não é sua surpresa
Ao ver, à sua oração
A rosa branca ir ficando
Rubra de indignação.

É que a rosa, além de branca
(Diga-se isso a bem da rosa...)
Era da espécie mais franca
E da seiva mais raivosa.

- Que foi? - balbucia o poeta
E a rosa; - Calhorda que és!
Pára de olhar para cima!
Mira o que tens a teus pés!

E o poeta vê uma criança
Suja, esquálida, andrajosa
Comendo um torrão da terra
Que dera existência à rosa.

- São milhões! - a rosa berra
Milhões a morrer de fome
E tu, na tua vaidade
Querendo usar do meu nome!...

E num acesso de ira
Arranca as pétalas, lança-as
Fora, como a dar comida
A todas essas crianças.

O poeta baixa a cabeça.
- É aqui que a rosa respira...
Geme o vento. Morre a rosa.
E um passarinho que ouvira

Quietinho toda a disputa
Tira do galho uma reta
E ainda faz um cocozinho
Na cabeça do poeta.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/01/2017 19:42  Atualizado: 08/01/2017 19:42
 Re: Como a rosa
As rosas

Quando à noite desfolho e trinco as rosas
É como se prendesse entre os meus dentes
Todo o luar das noites transparentes,
Todo o fulgor das tardes luminosas,
O vento bailador das Primaveras,
A doçura amarga dos poentes,
E a exaltação de todas as esperas.

iDia do Mar, 1947

Sophia
de Mello
Breyner
Andresen
anos 40



Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 08/01/2017 21:07  Atualizado: 08/01/2017 21:09
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: Como a rosa P/Juanito
Foi realmente um momento de prazer ler a sua lindíssima poesia ao som da música de Chopin, foi
magia! Abraço Vólena


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 12/06/2017 13:09  Atualizado: 12/06/2017 13:09
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Como a rosa/ PARA JUANITO
Como a rosa, são muitas as vivências que tem tempo pra se abrir, perfumar, encantar, e fenecer....

Linda poesia , Juanito, admirável o seu lirismo!

Beijinhos!


Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 12/06/2017 21:05  Atualizado: 12/06/2017 21:05
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6707
 Re: Como a rosa
Boa tarde, Juanito,

Que lindo! Um dos mais lindo que li aqui hoje. Aplausos!!

Abraço,
Mary Jun


Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 13/06/2017 13:02  Atualizado: 13/06/2017 13:02
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3023
 Re: Como a rosa
Lindo teu poema, exalando talento.

Beijo

Branca


Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 27/05/2018 14:20  Atualizado: 27/05/2018 14:20
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1613
 Re: Como a rosa
Rosas... Rosas... delicadas ,perfumosas. Lindas como seu poema!!! Beijinho Juanito.


Enviado por Tópico
Juvenal Nunes
Publicado: 27/05/2018 18:08  Atualizado: 27/05/2018 18:08
Da casa!
Usuário desde: 28/07/2013
Localidade: Douro Litoral
Mensagens: 499
 Re: Como a rosa
Excelente poema. Sem dúvida que a passagem inclemente do tempo deixa marcas indeléveis na vida de cada um.

Juvenal Nunes