Poemas : 

A dor se alia ao suplício

 

À luz das palavras decepadas
Ardem corações inocentes,
A verdade geme e esconde
Atrás da razão abafada

O silêncio ocupa a alma
Olhos desviam-se da verdade
O mal se alia à apatia,
Sangram corpos à luz do dia

Olhos fogem da realidade
Homens elegem o mutismo,
E na calada da luz do dia
A dor se alia ao suplício

A maldade comanda a alma
Nos sóis da indiferença,
E a verdade se desalia da razão
sob olhar de quem clama por migalhas

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
142
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
0
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.