https://www.poetris.com/
 
Duetos : 

Fôlegos - Vera & Freudnaomorreu

 
Sou capaz de tanto
Mas diluo em pouco
Tempo que se condensa
Num breve momento
Respira e faz respirar!

Diz-me coisas daquelas
Insanas ao ouvido repetidas
Faz-me crer em odes alegres
Pois as sombrias me esvaziam
Sugam o olhar, invertem planos.

Toma-me na inquietude dos dias
E na insegurança da carne.
Profana-me o corpo e a alma
E venera-me o coração
Fustigado de dores.

Aplaude as minhas conquistas
E ri-te comigo das derrotas
Enquanto as nossas vestes
Se atiram nas memórias
Do teu quente e denso respirar.
 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
955
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
11
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 10/03/2008 15:26  Atualizado: 10/03/2008 15:26
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4763
 Re: Fôlegos - Vera & Freudnaomorreu
"Bom encontro é de dois..."

E vocês dois estão muito bem vivos, isso sim.

Achei o poema perfeito, não fosse o fôlego que me tomou, ou talvez por isso.

Beijos de Amora aos dois.


Enviado por Tópico
Luis F
Publicado: 10/03/2008 15:57  Atualizado: 10/03/2008 15:57
Colaborador
Usuário desde: 15/08/2007
Localidade: Alcochete
Mensagens: 1184
 Re: Fôlegos - Vera & Freudnaomorreu
Belo dueto e a obra está a vista...

Um belo trabalho e um belissimo poema.

Parabens

Enviado por Tópico
Carlos Ricardo
Publicado: 10/03/2008 16:04  Atualizado: 10/03/2008 16:04
Colaborador
Usuário desde: 28/12/2007
Localidade: Penafiel
Mensagens: 1945
 Re: Fôlegos - Vera & Freudnaomorreu
Caros poetas,

sente-se a vossa respiração e ouve-se pulsar o vosso coração saudável.
Parabéns!

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 10/03/2008 16:20  Atualizado: 10/03/2008 16:20
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: Fôlegos - Vera & Freudnaomorreu
Fiquei aqui quietinha, a ouvir o vosso intenso respirar...
Imaginei o prazer deste momento criado por vós e para todos nós.

Obrigado!


Beijo aos dois

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 10/03/2008 16:38  Atualizado: 10/03/2008 16:38
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Fôlegos - Vera & Freudnaomorreu
Até fiquei sem fôlego

Belo dueto

Beijos aos dois

Enviado por Tópico
hierra07
Publicado: 10/03/2008 17:57  Atualizado: 10/03/2008 17:57
Participativo
Usuário desde: 25/10/2007
Localidade:
Mensagens: 11
 Re: Fôlegos - Vera & Freudnaomorreu
Duas almas um poema...lê-se de um só trago...parabens aos dois!

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 10/03/2008 21:59  Atualizado: 10/03/2008 21:59
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4527
 Re: Fôlegos - Vera & Freudnaomorreu
Bonito dueto
Cuidado não deixem de respirar eheheheh.

Beijinhos poetas

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/03/2008 22:56  Atualizado: 14/03/2008 22:56
 Re: Fôlegos - Vera & Freudnaomorreu
Duas estrelas juntas, o brilho é intenso..

Parabéns!

Enviado por Tópico
Zélia Nicolodi
Publicado: 18/03/2008 00:14  Atualizado: 18/03/2008 00:14
Colaborador
Usuário desde: 18/01/2008
Localidade: Curitiba - PR.
Mensagens: 983
 Re: Fôlegos - Vera & Freudnaomorreu
Um belo poema a quatro mãos!
Parabéns aos dois queridos poetas...
Beijos de carinho e uma noite feliz!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/03/2008 22:48  Atualizado: 19/03/2008 22:48
 Re: Fôlegos - P/ Vera & Freudnaomorreu
Houve aqui uma sintonia tão intensa entre os poetas que o fôlego era mesmo um só. Deveriam repetir a dose pois foi maravilhoso o resultado. Fiquei surpresa, dada as diferenças de estilo. O Freud meio hermético, a palavra labiríntica, esteve aqui todo lírico:

"Diz-me coisas daquelas
Insanas ao ouvido repetidas
Faz-me crer em odes alegres
Pois as sombrias me esvaziam"...

perfeito na sequência de:

"Profana-me o corpo e a alma
E venera-me o coração
Fustigado de dores." Vera Silva, no perfil trágico-romântico, hiper feminino!
Eu sei que adorei!
Bjs.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/11/2008 15:02  Atualizado: 18/11/2008 15:02
 Re: Fôlegos - Vera & Freudnaomorreu
UAUUUUUUUU!
Freud rendeu-se aos duetos e ficou uma composição fantástica.Vera tu és mágica por conseguires tal façanha. Meus queridos, deixem que eu tome fôlego, pois o perdi na leitura do vosso poema.Parabéns!
Carinho e bjins meus a ambos!

Bjins, Betha.