https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Figuras no Céu

 
Figuras no céu


Pergunto ao vento, que tal correm os dias no teu reino,
Do outro lado desta barreira de silêncio que nos separa.
Pergunto-lhe por ti,
Certo de que nunca chegarás a saber que por ti perguntei.

No meu horizonte, todas as manhãs e horas do acordar,
Escolheste ser o Sol que nasce sem no entanto amanhecer.
Uma estrela sempre presente, mesmo no céu nocturno,
A guiar um sentimento que o Destino não quis conhecer.

Ao olhar o céu nocturno deitado em praia deserta,
Faço as minhas próprias constelações,
Apenas contigo no meu pensamento.
A noite retribui com a compreensão do seu silêncio.

Neste eterno cenário
Onde não fazemos as regras e tudo se altera,
Todas e quaisquer certezas
Estão sempre longe demais dos nossos dedos.

Mas eventualmente, depois da noite,
Madrugada e um novo dia terão chegado.
Nuvens sempre em mudança num céu matinal,
Que nasce já de tons de vermelho raiado.


- Paulo de Sousa Alcoforado (2006, do livro "Reticências...")
 
Autor
P.S. Alcoforado
 
Texto
Data
Leituras
4888
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
susana ariana
Publicado: 25/09/2007 15:34  Atualizado: 25/09/2007 15:34
Participativo
Usuário desde: 25/09/2007
Localidade: Almada
Mensagens: 13
 Re: Figuras no Céu
Como as distãncias entre o Sol e a Lua as almas dos apaixonados podem percorrer o mesmo sistema inebriante...

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 25/09/2007 17:33  Atualizado: 25/09/2007 17:33
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Figuras no Céu
Mais um poema teu, perto, muito perto da perfeição!
Já te tinha dito, mas a tua escrita é maravilhosa, um misto de emoções percorre cada verso!
Obrigada por estares aqui!

Beijo grande