https://www.poetris.com/
Poemas : 

vai-se saber...

 
Vezes fico a tatear tua poesia para ver se sinto teu querer mesmo que teus sentimentos se confundam na dubiedade do teu desejo...
...
olho pro abismo que separam as duas margens limitando o querer que é como uma trepadeira que rasteja no muro em busca do sol ardente...
...
Nem sei o que pensar pois vezes tateia o corpo do poema delineando a cada desenho...
Vezes es minguante feito a lua... mesmo que depois se faça plenilúnio.
...
então nessa vives o descompasso ou no compasso que me faz dancar tango com a sensualidade absoluta e depois... me deixa na solidão do gozo...
chupando o dedo.
...
Ray Nascimento


Do fundo do meu ser; amo te ler; tua amizade e seu amor sincero são refrigero pra minha alma.Te amo Amiga do seu AMIGOMENINO!
Open in new window
Adriel

 
Autor
RayNascimento
 
Texto
Data
Leituras
166
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
1
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 14/02/2017 10:38  Atualizado: 14/02/2017 10:38
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29152
 Re: vai-se saber...
Compasso do amor que se completa nos seios dos mias belos encantos