https://www.poetris.com/
Trovas : 

Lembranças (cordel)

 
Eu me lembro que assim mamãe rezava
Se apegando com fervor à devoção
De joelhos, mãos postas em oração
Uma lágrima nos olhos lhe brotava
A pedir pela prole que criava
E que não fosse tão dura a caminhada
E cada um fosse feliz nessa jornada
Era assim que na reza ela pedia
Para nós, Deus na frente e paz na guia
Quem tem Deus não tem medo de mais nada


Paulo Gondim

 
Autor
Paulo Gondim
 
Texto
Data
Leituras
81
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
4
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 05/07/2017 12:25  Atualizado: 05/07/2017 12:25
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 14060
Online!
 Re: Lembranças (cordel)
Paulo
Reza de mãe é forte! Lembrei de meu avô paterno que fazia o mesmo na posição de Buda!
Singelo! Adorei!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 10/07/2017 12:09  Atualizado: 10/07/2017 12:09
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 26924
 Re: Lembranças (cordel)
Palavras santificas que enobrece esse poema de uma forma que se faz dela uma divina prece, belo poema