https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Meus poemas

 
Tantos poemas eu fiz em minha vida
ao observar os seres em seus momentos de gloria e derrotas,
de felicidade e tristezas.
À natureza em sua plenitude e simplicidade.
Na vibração de minha alma difundida na música,
nos sons de uma harmonia ilesa.

Inspirado no mais profundo de todos sentimentos,
o qual chamamos de AMOR,
brotou do fundo de meu ser poemas e versos
que se tornaram musicas melodiosas.

Cantei a cada crepúsculo e a aurora; regozijei-me em todo entardecer!

Maravilhei-me de todos jardins com suas flores e matizes,
e com minha mente viajei através de todo cosmo ou infinito.

Mas os poemas e versos mais belos foram aqueles que não fiz,
ficaram escondidos no recôndito do meu ser;
pouco falei do mais profundo de meu sentimento;
de meu sentimento mais puro meus poemas e versos não diz.

Na ternura deste forte e profundo amor,
dediquei tudo de mais valioso que possuía,
eu sacrificaria mil vezes a minha miserável vida
pois compreendi que nada mais me importa nesta vida além deste sentimento,
ele me escraviza, domina cada célula de todo meu ser;
não quero me libertar,
quero ser escravo eternamente.

Se eu fosse falar dele,
deste amor,
todas as palavras inventadas pelos homens e anjos não comportariam.

Nosso amor maior que o céu e o mundo!

Eliezer Lemos

 
Autor
LemosLemos
 
Texto
Data
Leituras
211
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.