https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Góticos : 

“Onde está, ó morte, o teu aguilhão?”

 
Tags:  vida    saudade    morte    choro    pesadelo    finados  
 
“Onde está, ó morte, o teu aguilhão?”
 
Ó morte porque se atreves?
Sempre chegas cedo
Por mais tarde que seja
Tu és inimiga da vida...
Tão cruel mais amarga que o fel
Sendo à vida tão doce como o mel
Lá na lápide gélida à carne,
A alma volta para o céu
Para se juntar ao Criador
Eis assim: porque tão certa
É a tua chegada sempre
De repente surpreendendo
A todos como se fosse à primeira vez.
Quantas lágrimas traz...
Quanta insatisfação...
Quantos sonhos desfeitos...
Que jeito se assim:
Está determinado vivemos
E morremos todos os dias...
Assim, como tu,
A cada dia tu mesma morre.
Morre com o sol,
Morre com a lua,
Morre com à noite,
Morre com o dia,
Morre com à fantasia,
Morre com a alegria...
Porque tudo que fica para trás
Já se foi um dia e não volta mais,
E a vida é viva.
Mas existe uma cova sempre aberta
A espere de um (...)
Decerto que Deus fecha à cova,
Porque Ele tem todo domínio sobre ti.
E quem manda no tempo é Ele!
“Onde está, ó morte, o teu aguilhão?”


Mary Jun
Guarulhos,
02/11/2017
Às 23: 30



Mary Jun

Imagem Google
 
Autor
Maryjun
Autor
 
Texto
Data
Leituras
919
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
16
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 03/11/2017 18:41  Atualizado: 03/11/2017 18:41
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: “Onde está, ó morte, o teu aguilhão?”/ Para Mary Jun
Um poema forte e verdadeiro sobre essa "indesejada" que não mata a vida, porque essa segue além do túmulo, mas produz uma dor de saudade, que nem o tempo consegue atenuar.

Parabéns querida Mary por poema tão belo!
Bjos


Enviado por Tópico
rodas
Publicado: 04/11/2017 02:10  Atualizado: 04/11/2017 02:10
Da casa!
Usuário desde: 16/01/2017
Localidade:
Mensagens: 367
 Re: “Onde está, ó morte, o teu aguilhão?”
Sem a morte a vida seria sem sentido.


Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 04/11/2017 19:49  Atualizado: 04/11/2017 19:49
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1936
 Re: “Onde está, ó morte, o teu aguilhão?”
Que lindooo! Como escreveste um tema difícil verdadeiro, embora ninguém gosta, de uma maneira delicada sensível. Parabéns!


Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 05/11/2017 13:48  Atualizado: 05/11/2017 13:48
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 3042
 Re: “Onde está, ó morte, o teu aguilhão?”
Belíssimo, estimada amiga. A morte não tem nenhum poder pois ela também é consequência do destino. Apenas serve p'ra nos ensinar que nada neste mundo é eterno.

Meus parabéns!!!

Um abraço


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 05/11/2017 14:42  Atualizado: 05/11/2017 14:42
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: “Onde está, ó morte, o teu aguilhão?”
...morte é consequência da vida. tudo o que nasce, morre, só o espírito será evocável e assim seja! Gostei é um tema de realce, beijinhos Amiga Vólena


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 11/11/2017 19:19  Atualizado: 11/11/2017 19:19
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9716
 Re: “Onde está, ó morte, o teu aguilhão?”
Boa tarde Mary, quando a vida nos é imposta, a morte já se faz inevitável, são faces de uma mesma moeda com suas atenuantes diferenciadas, parabéns pelo vosso incisivo poema, um abraço, MJ.