Poemas : 

"DESTINO DE UM PEREGRINO"

 
Tags:  vida    destino    ferida    Bálsamo    Pilatos  
 
"DESTINO DE UM PEREGRINO"

Ouvem-se os espadachins
Zumbidos cortam o ar
Inóquos para quem tem cota.
Fatais para quem só tem quota.
Um golpe na morfologia
Vai directo à Emoção
Instala-se a ebulição
A tua força é medida
A tua caverna invadida
Querem ver se tu te lambes
Querem ver se já tens ferida
Paira um silêncio submarino
A luta far-te-á desistir?
Senhoras e Senhores
Despeçam-se
Aqui só ficam dragões
A arena vai ser aberta
Vénus luta contra Marte
É erótico e fascinante
Alguém pode magoar-se
Se a ferida arder demais...
Unta-se com o usual unguento
O bálsamo do esquecimento
Na forma “fingida” ou “tentada”
E todos se tornam Pilatos
Como na Vida lá fora !
Em que não há dias de folga !



(Por Ana C. / SUB_VERSIVA


Esquece todos os poemas que fizeste. Que cada poema seja o número um.
*Mário Quintana*

 
Autor
SOB_VERSIVA
 
Texto
Data
Leituras
1232
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
3
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/03/2008 10:29  Atualizado: 22/03/2008 10:29
 Re: "DESTINO DE UM PEREGRINO"
Um poema forte escrito primorozamente com uma profundidade imensa que nos leva a ler e a ficar meditando em suas sabias palavras.

Uma Santa Pascoa.

http://cambetapoeta.blogspot.com

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/03/2008 21:15  Atualizado: 26/03/2008 21:15
 Re: "DESTINO DE UM PEREGRINO"
Um poema actual com a nossa realidade...quantos pilatos não andam por aí?
Parabéns
Bjs
ConceiçãoB

Enviado por Tópico
Sant'Ana
Publicado: 26/03/2008 21:24  Atualizado: 26/03/2008 21:24
Participativo
Usuário desde: 13/03/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 34
 Re: "DESTINO DE UM PEREGRINO"
Palavras num acordo perfeito com o que sobre ti contas no perfil.
Vejo-os sempre, tão pouco o mascaro.
Gosto de palavras com carne.
Fazem-me sentir a liberdade.

Fica bem.