https://www.poetris.com/

 
(1) 2 »
Textos deste autor
Offline
MelPimenta
Ferida Aberta
Naqueles dias corridos em que o tempo era escasso para os inúmeros compromissos e a multidão dese...
Enviado por MelPimenta
em 22/03/2022 11:48:00
Textos deste autor
Offline
AJ_Cardiais
Sentimento de insegurança
Esta veia partida entre nós é a causa do sangramento que cala minha voz. Esta vala aberta, no me...
Enviado por AJ_Cardiais
em 20/03/2021 09:29:34
Textos deste autor
Offline
Bebel
Poema da Tristeza
As vezes me pergunto, o que fiz para ser condenada desse jeito. Na hora de aperto, no meu silênci...
Enviado por Bebel
em 19/05/2019 18:47:25
Textos deste autor
Offline
elendemoraes
Terra arrasada
Terra arrasada Elen de Moraes Kochman
Enviado por elendemoraes
em 12/02/2019 13:46:44
Textos deste autor
Offline
enidesantos
Quando o amor perde o rosto
Quando o amor perde o rosto Um fiasco deixa de ser E o combate esta por acontecer. Só quem se ...
Enviado por enidesantos
em 27/06/2017 20:44:41
Textos deste autor
Offline
shallow
Pedaço
Quando se perde a medida Quando se estanca a ferida Quando se esquece da vida E verdade a gent...
Enviado por shallow
em 16/03/2015 22:59:25
Textos deste autor
Offline
Maryjun
SONS DOS LÁBIOS
Sons ecoam... Palavras que soam Um canto sonoro Harmonioso – afável Estrondoso não aprazível. ...
Enviado por Maryjun
em 24/01/2015 00:18:08
Textos deste autor
Offline
sommerville
Enviado por sommerville
em 13/04/2014 23:21:46
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Espelho
Espelho Quando olho no espelho é um desespero Por refletir nos olhos tantos janeiros Neste mo...
Enviado por João Marino Delize
em 10/10/2013 18:24:13
Textos deste autor
Offline
marcosstavaress
Anáguas
Esse homem é meu mal, já me deixou pelas vielas. Ele vagabunda pelas ruas, some a noite e me falt...
Enviado por marcosstavaress
em 17/08/2012 23:07:32
Textos deste autor
Offline
Peek
Não leves, nem fiques
Toca, toca mas não leves! Vem, vem mas não fiques! Não sejas a louca, que vai amar este triste.
Enviado por Peek
em 01/12/2011 13:48:10
Textos deste autor
Offline
Sangria
Escravo
Venha até mim, Arrastando as suas feridas, Espalhando o seu veneno. Seu corpo está quebrado,...
Enviado por Sangria
em 27/10/2011 09:51:46
Textos deste autor
Offline
gilmiguelp
Suave toque de seda
Suave toque de seda, Será um túnel ou um cerco? Mas que se vê, é certo. Sair ou entrar, o que ser...
Enviado por gilmiguelp
em 21/03/2011 06:30:35
Textos deste autor
Offline
visitante
CHORO CONTIDO
Meu choro tem sido contido Em recipientes apagados Secretamente embutido Em locais abandonado...
Enviado por visitante
em 20/02/2011 13:31:55
Textos deste autor
Offline
quidam
a noite leva o dia e eu posso sonhar
este súbito pensar de ti penetrou pela rua logo pela manha ao sair de casa na forma de luz fosca...
Enviado por quidam
em 06/12/2010 21:33:14
Textos deste autor
Offline
TempestadeSilenciosa
Esperança
Tenho um coração que bate Descompassado no peito aberto por você e não sei o que fazer das f...
em 30/11/2010 21:08:34
Textos deste autor
Offline
Dalila
Não quero 'querer-te'...
Ainda me sinto pequena e frágil quando penso em ti.. Tenho medo que os teus braços me envolvam e ...
Enviado por Dalila
em 20/05/2010 09:30:15
Textos deste autor
Offline
Eripmav
Naquela estrada àquela hora
Naquela estrada àquela hora seguia sempre o meu caminho perdido, só, indo embora sinto-me sempre ...
Enviado por Eripmav
em 04/03/2010 14:09:16
Textos deste autor
Offline
Ravendra
CICATRIZ
Vejo a mente cega Guiando a pele que grita Em eterno interlúdio De dor e prazer Na ferida que ve...
Enviado por Ravendra
em 03/02/2010 22:41:52
Textos deste autor
Offline
Cláudia Banegas
Prazeres
Meus prazeres são profundos Salpicados com muito riso Ostento no rosto um brilho Mas quando a em...
Enviado por Cláudia Banegas
em 19/11/2009 18:48:46
(1) 2 »