https://www.poetris.com/
Poemas -> Desilusão : 

É Difícil Esquecer

 
Tags:  amor    solidão    tristeza    rimas    Juvenis  
 
É Difícil Esquecer
 
Eu a amo ou não?
Me vejo em um redemoinho,
Que tenta me enganar, não sei se sinto paixão
Os piores pensamentos surgem quando estou sozinho
Tenho medo de tomar uma péssima decisão,
E acabar magoando a quem eu possuo um desejo fixo
Ainda não sei o que me atraiu
Não saberei dizer como ela me seduziu
Posso afirmar que estou sem entender
Queria saber como ela está
Queria lhe dar um abraço, mas por quê?
O que ela fez comigo para me deixar a mercê?
Busco respostas, mas sempre termino batendo contra a porta
O que posso fazer se mal consigo compreender?
Esqueci a namorada do passado,
Mas me vejo em similar estado, apaixonado?

Talvez seja apenas carência,
Que me trata como um escravo com algemas
Posso estar delirando, talvez eu esteja em um sonho
Posso estar cego, talvez não é ela que eu amo
Quero que chegue logo o próximo ano
Mas confesso que gostaria de dizer tudo que penso,
Porém, sei que serei atropelado, por isso não me rendo
O vento que bate em mim me faz girar feito um cata-vento
Giro, giro, e enquanto isso, estando só, imaginado.

"Não sei o que sinto por você
Acredite quando digo que não sei o que dizer
Quero falar, mas sei que irá me repreender
Por isso quero ser mais ágil
Não quero mostrar o quanto estou frágil."

A parte mais triste dessa história é que ela não se importa
Se realmente sinto algo, não significa nada
Parece até que voltei a ser um aluno de escola,
Apaixonado pela garota mais popular da sala
Por conta disso não confesso, é um verdadeiro martírio
Quero dizer, mas sei que serei abatido
A fonte do poder das mulheres é impossível de encontrar
Gostaria de poder sentar e falar,
Mas sei que não poderei revelar, jamais.

É difícil, ela mora perto de mim, corro risco
Preciso esquecer dela, devo andar logo com isso,
Se não eu acabarei sofrendo, cativo
Deus, me faça para com os sonhos,
Me faça não ser mais um pobre iludido
Nossa diferença é de três anos,
E mesmo assim me torno um brinquedo, me disponho
Queria um guia para me mostrar a saída,
Não vejo nem se quer uma simples trilha
Agora mais uma mulher está brincando com a minha vida
Já vive isso antes, e sei como essa história termina
Preciso urgentemente fugir desse déjà vu,
Que me persegue todos os dias.

Acho que o tempo, e a distância, podem me ajudar
Só devo continuar longe dela
Tenho que acreditar, só evitar de ver ela
Vai ficar tudo bem,
Talvez ela esqueça onde eu moro no ano que vem
Esse plano vai dar certo
Melhor eu aproveitar a festa, meu aniversário está perto
Acho que ela não sabe disso, espero.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
187
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.