https://www.poetris.com/
Poemas -> Desilusão : 

Seja Feliz

 
Tags:  tristeza    rimas    dedicatória    despedida    Juvenis  
 
Seja Feliz
 
Hoje eu entendo o que finalmente aconteceu,
Onde exatamente o erro ocorreu
Quando eu disse que meu amor era seu
Você o aceitou por misericórdia,
E meu coração escureceu.

Eu pensava que você era Dalila
Quando eu a escrevia, um pedestal eu construía
Você era a magia da minha vida
Mas, qualquer porto serve,
Quando a tempestade aparece
E, naquele dia, quando ela surgiu,
Vi realmente por quem eu me apaixonei, me iludi
Todas as declarações, todas as canções, queimei
Das cinzas uma fênix veio a renascer
E, para o meu desprazer, ela me lembrou de você.

Escrevi poemas e compartilhei com amigos
Disseram-me que eu estava iludido, mas não dei ouvidos
Paguei o peço, e essa dor que sinto, sei que mereço
Você continua lindas, mas,
Seu sorriso, que antes me aquecia, hoje me congela
A vi hoje, te reconheci por causa da sua expressão séria
Da Bela dos meus olhos,
Você se transformou na Fera do meu ódio
Por isso eu não te acenei,
Por isso eu passei e te ignorei
Por que cansei de lutar por um coração que nunca terei.

Minha mãe repetidamente alega que eu te abandonei
Sou contra a posição dela, eu me apaixonei
Mas, o meu coração se apaixonou por uma pessoa fria
Ainda assim, tudo melhorava quando você sorria
Hoje em dia eu não vejo mais aquela garotinha
Aos dezoito anos, mudou completamente, que lástima
Ah, se eu pudesse ver aquela mesma pessoa,
Tantas vezes como A Lagoa Azul na Sessão da Tarde
Infelizmente, às vezes esqueço que o tempo passa
O passado é imutável, o futuro inevitável
O que eu sentia por você agora está isolado,
E não pretendo destrancar o amor desperdiçado.

Irei esperar Victor criar minha consorte
Que seja perfeita, que me abrace forte
Não quero amar quem não me note.

Mas, digo a verdade, estou feliz
Você aparenta não estar mais naquele vício
Espero que a depressão siga pelo mesmo caminho
Espero que você seja feliz,
Era isso que eu sempre quis
Não mancharei o seu nome neste texto
Mas, irei ignorá-la para sempre, não vejo outro meio
Para não me lembrar do seu beijo, esse é o único jeito
Mas, ainda sinto a maciez dos seus seios
Será difícil, mas, o que está feito, está feito.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
188
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.