https://www.poetris.com/
Poemas : 

Cânion

 
Tags:  amor    natureza  
 
Paro no limite de um cânion e observo o que vai de mim ao horizonte...
Brisa fria, agradável e forte, quando esbarra no calor suave do sol, envolve-me os poros.
Um banho de energia pura me desce pelo corpo, lavando-me as impurezas da alma...
Nesse momento, em plenitude espiritual, penso naquele sentimento...
Aquele que não cabe no peito...aquele que quase cabe no cânion, mas ainda sobra um pouco...
Aquele que me ferve as entranhas quando meus olhos põem vistas na razão que o move.
E quando penso, vislumbro filmes inteiros...histórias de Amor...Intensidades que me fazem corar lá no fundo dos meus sonhos...
Porque se tu fosses pássaro, eu seria teu ninho.
Se fosses Água, eu seria o leito do teu rio...
Se fosses Fogo, eu seria madeira de onde brotas...
Se fosses Lua, eu seria todo o mundo iluminado por ti
Se fosses Sol, eu seria como as plantas que crescem na tua direção...
Se fosses Floresta, seu seria como a chuva que te traz vida e te torna mais bela...
Se fosses palavra, eu seria o poeta que te transforma na mais linda de todas as artes...

Marcio Haw

 
Autor
marcio_haw
 
Texto
Data
Leituras
34
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.