https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Deixem-me!

 
Open in new window

Quedem-se quietos,

deixem-me existir…

ser doida pela vida

ser de riso contagiante

sem amarras de culpa!

Um mar enfurecido

Espumando paixão

Deixem-se ser assim…

Solta, livre, sem realidade!

Um quadro vivo que esboço

Um imaginar abstracto de vida

Traçando diferentes saídas

Onde possa aprender a ser feliz!

Não posso controlar o viver e sofrer

Render-me não será opção, decerto…

A vontade de lutar não me assusta

Se sou preenchida pela força de amar…

Deixem-me apenas ser o que quero...!

CA

 
Autor
Carii
Autor
 
Texto
Data
Leituras
345
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
8
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 11/06/2018 11:42  Atualizado: 11/06/2018 11:42
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2806
 Re: Deixem-me!
🍎
Amei poetisa
Viver, amar é lutar todos os dias
num sentimento em prosa
🌸 beijos Carii


Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 11/06/2018 12:03  Atualizado: 11/06/2018 12:03
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6611
 Re: Deixem-me!
A liberdade no ser e no pesar é a mais-valia pra alma quer ser o que é.

Maravilhosa prosa poética! Adorei.

Abraço!
Upanhaca


Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 11/06/2018 13:31  Atualizado: 11/06/2018 13:31
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1434
 Re: Deixem-me!
Beleza! Livre como um pássaro sem amarras, querendo apenas ser feliz! Gostei muito!
Abraço queridinha.Open in new window


Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 11/06/2018 21:51  Atualizado: 12/06/2018 10:29
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2662
 Re: Deixem-me!
Querida amiga, gostei muito do seu poema!!

Eu também amo tanto ser livre, sem realidade!!

Olha o que disse D. Quixote a Sancho:

“La libertad, Sancho, es uno de los más preciosos dones que a los hombres dieron los cielos; con ella no pueden igualarse los tesoros que encierra la tierra ni el mar encubre...”

Meus parabéns!!

Um beijo!


De correntes nem me falem,
Nem me falem de grilhões,
Só quero cantos que embalem
Aos libertos corações!