https://www.poetris.com/
Poemas -> Esperança : 

Nunca se renda

 
Open in new window
quem sonha,
não se cansa,
de cantar,

quem canta,
não se cansa
de sonhar

quem brinca,
não se cansa
de sorrir

quem sorri,
não se cansa
de brincar

quem acredita
não se cansa
de lutar

quem luta
não se cansa
de acreditar

quem imagina
não se cansa
de contemplar

quem contempla
não se cansa
de imaginar

quem amanhece
não se cansa
de despertar

quem desperta
não se cansa
de amanhecer

quem amadurece
não se cansa
de envelhecer

quem envelhece
não se cansa
de amadurecer

quem agradece
não se cansa
de abraçar

quem abraça
não se cansa
de agradecer

quem perdoa
não se cansa
de esquecer

quem esquece
não se cansa
de perdoar

quem ama
não se cansa
de viver

quem vive
não se cansa
de amar

quem parte
não se cansa
de retornar

quem retorna
não se cansa
de partir

quem fenece
não se cansa
de renascer

quem renasce
não se cansa
de fenecer


AjAraujo, o poeta humanista, escrito em 13 de junho de 2018.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
61
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.