https://www.poetris.com/
Poemas : 

DESTINO

 
Implacável,
sedento de pão, de sal, de desejos
e de carnes,

com sonhos
e ilusões que sempre se deparam,
em algum momento, com alguma pedra
dura;

sim,
triste sina,
destino inimigo, indefensável,
crudelíssimo,

sobretudo
quando revela, dentro de nós,
a percepção de nossa incontida
miséria mortal!


Péricles Alves de Oliveira (Thor Menkent)


 
Autor
Thor
Autor
 
Texto
Data
Leituras
34
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.