https://www.poetris.com/
Poemas : 

INSÂNIAS DE UMA POETISA

 
INSÂNIAS DE UMA POETISA
 
Tenho vontade de
- escrever
- escrever
- escrever
até as letras caírem no chão
de tão gastas, exaustas, obsoletas, inadequadas,
e até mesmo, atrapalhadas
com minha insânia...

Tenho vontade de
- escrever
- escrever
- escrever
até a inspiração me doer, as palavras suarem,
gemerem. chorarem, sangrarem...

Tenho vontade de
- escrever
- escrever
- escrever
até a lua mudar de fases, as marés subirem,
as marés secarem, o sol iluminar o dia
e as estrelas enfeitarem o céu...

E quando não mais tiver
o que:
- escrever
- escrever
- escrever
quero adormecer e sonhar, para nova
inspiração nascer e minha poesia
- voar
- voar
- voar.


Fernanda Xerez

 
Autor
fernandaxerez
 
Texto
Data
Leituras
88
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.