https://www.poetris.com/
Poemas : 

ME PERDOA?

 
ME PERDOA?
 
Ainda que em meus destemperos,
(levando-se em conta um temperamento forte),
em saia da margem em algumas situações,

(...) confesso,
humildemente que, mesmo errando,
desejo acertar...

Não me prevaleço
de que sou cheia de imperfeições e muito menos
da minha frágil condição humana, para achar que posso
eximir-me em assumir as consequências
dos meus atos (escolhas) mas,

(...) contando sempre
com a misericórdia de Deus e a bondade do teu coração,
sinto-me mais tranquila e confiante em formular
um pedido de perdão por ter, ainda que
de forma inconsciente, te desgostado
de uma maneira ou de outra.

Me perdoa?
A minha benquerença é incontestável, viu?
Obrigada por tudo!


Fernanda Xerez

 
Autor
fernandaxerez
 
Texto
Data
Leituras
84
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.