https://www.poetris.com/
Poemas : 

Faz de mim, teu jardim!

 
Na noite em que os lobisomens
acordaram os nossos corpos uniram-se,
e entre o silêncio da madrugada
ouvi a tua voz a chamar por mim!

Ó, as fadas saíram à rua com
o seu elegante encanto
e cantaram;
És esperança, és esperança!

e com as minhas mãos quentes
bebi as tuas lágrimas salgadas
de paixão, consecutivamente sem parar,
e eu disse:
faz de mim, teu tesouro,
faz de mim, teu jardim,




 
Autor
Umsorriso
Autor
 
Texto
Data
Leituras
118
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.