https://www.poetris.com/
Poemas : 

BEIJOS

 
BEIJOS

Desfilam em cascata os fios cálidos da água
Filtrada nos lábios de quem bebe noutros lábios
A seda dos beijos jubilosos
E a lua de cristal a sorrir.
Fome insatisfeita em campos de lírios
Numa eterna e débil marcha
Inquieta de martírios.
As flores, um dia, hão de florir
em cisnes elegantes e mansos
De beijos fermentes
E as pegadas serão leves nas torrentes
dos beijos que um dia me hão de, enfim, cobrir.

Ana Maria Casaca

 
Autor
Poeta123
Autor
 
Texto
Data
Leituras
46
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.