https://www.poetris.com/
Poemas : 

Uma Carta

 
Envelope branco selado
Com letras redondas escrito,
No verso este nome vedado
Há muito que estava esquecido.
Abrir, não sei mesmo se devo,
A dúvida cruel insiste,
Pois no coração inda existe,
Prevenção, mágoa e muito medo.
Deixo o carteiro na calçada,
Já convencida subo a escada,
E amasso o indefeso papel,
Acertando a cesta do lixo,
Jogando com ele o capricho,
Amor, dor e o amargo do fel.


 
Autor
PaolaRhoden
 
Texto
Data
Leituras
105
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 10/03/2019 09:04  Atualizado: 10/03/2019 09:04
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1950
 Re: Uma Carta
registada com agrafo e agrado

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/03/2019 09:33  Atualizado: 10/03/2019 09:34
 Re: Uma Carta
.

Mágoas não gostam de papel.
Melhor seria um abraço, um sorriso largo
ordenando sonhos e chapéus.