https://www.poetris.com/
Poemas : 

Nos braços de Morfeu

 


O sonho é leve como uma pena
No caos que é a sua morada
Onde transforma em dilema
A bala por si disparada.

É entre o incógnito e o absurdo
Que salta no vazio do abismo
Perante o seu olhar surdo
De um aplauso de cinismo.

É um monstro quase adormecido
Nos braços mortais de Morfeu
E ai liberta o destino deprimido
Num mundo que não é seu…



José Coimbra

 
Autor
Legan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
141
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 16/03/2019 09:29  Atualizado: 16/03/2019 09:29
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2719
 Re: Nos braços de Morfeu


Excelente

O sonho é leve como uma pena
Que salta no vazio do abismo



Um abraço poeta José (Legan )

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 09/05/2019 12:56  Atualizado: 09/05/2019 12:56
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1943
 Re: Nos braços de Morfeu
muito bom, os meus parabéns