https://www.poetris.com/
Poemas : 

Sons do Vento

 
Ando pelas ruas,
dedilhando valsas ao vento,
pousando o olhar pelas nuvens,
colhendo as flores tão nuas,
tirando do sol a ferrugem.

Dobro esquinas de saudade,
falo com os passarinhos,
tiro as pedras do caminho,
buscando a minha verdade.

Soluço versos pensados,
e não pensados também,
refaço rimas antigas,
com letras minhas amigas,
pensando sempre em alguém.

Andando pelo relvado,
faço minhas escolhas,
sentindo o cheiro das folhas,
sonhando um verde dourado.

Caminho só pela vida,
à procura do que fazer,
seguindo a sombra perdida,
colho a vida por lazer,
em sons há muito tocados.


 
Autor
PaolaRhoden
 
Texto
Data
Leituras
68
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.