https://www.poetris.com/
Poemas -> Relacionamentos : 

Até que o dia Amanheça (Ultimo poema para Mical)

 
 
Nove de Abril de 2014 - noite.
Lá fora, um sereno fino,
Aqui dentro, chove forte;

A tempestade ainda vai demorar à passar;
Ainda vejo a neblina,
Escondendo teus olhos dos meus!
Até quando esconderá?

Me aproximo à janela;
No telhado, ouço o som da chuva,
Que parece o choro e lamento,
De um pobre ser, inconsolável, ao relento.

As gotas que explodem numa poça na calçada,
Emitem sons que lembram soluços;
O vento, em sussurros, ao meu ouvido,
Revela teus segredos escondidos...

Sons que ainda ecoarão,
Dentro de meu ser,
Até que o dia amanheça,
Ou até quando em fim, eu te esqueça.

 
Autor
Guerreirotharley
 
Texto
Data
Leituras
66
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 21/03/2019 20:08  Atualizado: 21/03/2019 20:08
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15943
 Re: Até que o dia Amanheça (Ultimo poema para Mical)
Poeta
Apreciei a leitura!
Beijos!
Janna