https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

DESEJO REFREADO

 
Tags:  poema  
 
DESEJO REFREADO
(Jairo Nunes Bezerra)

Não me entendas mal,
Se te amei perdidamente...
Se prevaleceu desejo carnal,
Isso faz parte da gente!

Teu lindo sorriso e sensual corpo,
Sempre à minha frente,
Foram um cotidiano sufoco,
Isso mata a gente!

Quero rever-te!...
E por que não ter-te?
Alucinada em meus braços!

Morena cor de canela,
Desejo-te feito uma cadela,
Gemendo com os meus abraços!



 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
79
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.