https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Palavras ao vento

 
Deixe me ser,
a sombra da lua,
derramando ao solo,
uma lágrima de luz

Deixe me ser,
a noite de negrume,
cantado o silêncio,
nos sonhos profundos

Deixe me ser,
a nostálgica estrela,
num céu deserto,
descobrindo o universo

deixe me ser,
o melancólico vento,
soprando uma melódica,
esperança da terra

deixe me ser,
uma gota de chuva,
suavizando florestas,
consumido pelas árvores

deixe me ser,
vida na morte,
na poltrona oculta,
da crença do povo

Deixe me ser,
um eterno guia,
no todo que nasce,
para o nada que morre

Deixe me ser,
aquilo que vou ser,
uma era vívida,
para um sono destinado.


Hugo Dias 'Marduk'

 
Autor
HugoDiasMarduk
 
Texto
Data
Leituras
853
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.