https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

EM DESUSO ABSOLUTO

 


Em desuso absoluto mas ainda em validade
A humana dignidade merece ser preservada
A vida quando entoada ganha um norte visível
Muito nos é prometido pouco será empenhado.

Sem um ser não faz sentido esta nossa moradia
Se a vida se faz vazia que sejamos seu fetiche
Quem não se faz de confeitos jamais será o açúcar
Do amplo bolo do existir nesta matéria idolatrada.

Não me sinto quase nada além de um envolúcro
Do além eu nada escuto, mas algo a mim fascina
As intuições que sinto e suas razões não discuto.

Quando deitado ao sepulcro talvez em Taubaté
Não sentirei o escuro porque já serei carniça
A minha essência da fé perseverar em espírito.


Enviado por Miguel Jacó em 16/04/2019
Código do texto: T6624992
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
589
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 20/04/2019 00:50  Atualizado: 20/04/2019 00:50
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16187
 Re: EM DESUSO ABSOLUTO
Miguel
Parabéns pelo soneto inusitado!

Janna

Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 21/04/2019 18:18  Atualizado: 21/04/2019 18:18
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: EM DESUSO ABSOLUTO P/Migueljaco
A fé em Deus e a esperança são espírito que nos traz a essência da coragem, é lindo o seu poema, gostei muito,
abraço amigo Vó