https://www.poetris.com/
Poemas : 

Crescimento sem barreiras

 
Sou um edifício em construção
pedra a pedra ergue-se uma nova era
alicerces que evoluem nas linhas do sol
cores que envolvem a alma
asas que aconchegam
como nuvens brancas em puro algodão
não há dores que se apeguem
neste universo sem limites…

Nada é feito ao acaso
na lógica crucial
ninguém pode parar o espírito
nesta busca de vencer as barreiras mundanas…

Resgatar a força uterina
que em ternura nos deu vida
o sangue genético corre nas veias
o universo tem o maior acordo desta passagem
construir os passos individuais
num acesso onde a força interior
será a verdadeira marca
ao crescimento sem barreiras
deste edifício que a alma habita
até ao dia de uma nova viagem
nas margens do mundo
um universo aberto ao contentamento eterno!






Ana Coelho
Os meus sonhos nunca dormem, sossegam somente por vagas horas quando as nuvens se encostam ao vento.
Os meus pensamentos são acasos que me chegam em relâmpagos, caem no papel em obediência à mente...

 
Autor
AnaCoelho
Autor
 
Texto
Data
Leituras
88
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/08/2019 12:24  Atualizado: 10/08/2019 12:25
 Re: Crescimento sem barreiras
crescimento... vá-se lá entender o que isso é!
depende dos olhos. há olhos de tantas cores.
ao utilizares a palavra mundana eu pergunto-
me, será que queres dizer algo mais que o sentido da mesma:
próprio do mundo, material, e eu penso em alguém
que conheço, fanática duma religião inventada há pouco mais
de cem anos, que tanto valoriza o espírito,
que se esqueceu que tem uma duas três quatro... almas.
sem as nossas almas somos nada. eterno,
nada eterno, e nem o eterno existe. pena
seria o que poderia sentir pelo inexistente, seria porque
se não existe...
isto não é um comentário, é e não é. ou seja, ao ler o pensamento...
que poderia ficar só para mim mas...
eu como não sou racista... partilho
e aproveito para dizer que participei ahah
agora vou à francesinha. está na hora...
um bom fim-de-semana