https://www.poetris.com/
Mensagens -> Desabafo : 

MUDANÇA EXPONENCIAL

 
Tags:  poema  
 
MUDANÇA EXPONENCIAL
(Jairo Nunes Bezerra)

Sem destino tudo se acabou... Tudo se foi,
Até as rosas que meu jardim embelezavam...
Pequenas, não ofuscavam os nossos coitos,
Que há pouco nós (amantes) estreavam!

E em amplas praias desertas sem coqueiros,
Visibilizados ficaram os nossos idílios ardentes...
Expostos , ficamos visíveis aos motoqueiros,
Que de passagem se exibiam à nossa frente!

E o arruar das ondas alimentava nossos afagos,
Dardejantes por ventos fracos,
Mas sobre os auspícios da liberdade!

Amanhã, creio, estaremos de regresso,
Liberando um amor crescente de maior progresso,
Com tendência à perpetuação pela eternidade!






 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
75
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.