https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

OCTOGENÁRIO

 
Tags:  poema  
 
OCTOGENÁRIO
 
OCTOGENARIO
(Jairo Nunes Bezerra)

Nada vale nada em qualquer vida!

Tudo é reflexo de ilusões...

A motivação sempre presente na lida,

É prenúncio de nossas concepções!



Felizmente, predomina a luta!

Em prol da conquista do bem estar...

A coisa material é o que enluta,

Aquela ânsia de felicidade saciar!



Cruzo os braços e fico pensativo!

A tristeza agora é o meu lenitivo...

Formulo alegria pra não chorar!




Os meus versos revelam desarmonia!

Compatíveis com a presente agonia,

De na terra persistir em continuar!





 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
223
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.