https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Poeta finge mas não mente

 
Open in new window

Poeta não mente,
Finge mentir
Pra melhor sentir
O calor da sua mente

A mente que não mente,
Tudo sente
E faz da gente
Seu colorido poente

Poeta finge o teu sentir,
Outras vezes finge a tua dor,
Tudo isso por amor,
Que faz o mundo florir

Poeta é um nato sonhador,
Sonha meus e teus sonhos,
E faz seus
Em seu coração fingidor

Poeta finge ser o que não é,
Finge sentir o que não sente,
Mas nunca mente,
Fá-lo por amor à poesia que canta

Adelino Gomes-nhaca




Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
203
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
1
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 21/03/2020 17:50  Atualizado: 21/03/2020 17:50
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6689
 Re: Poeta finge mas não mente
Mente que mente
Nada sente,
Se choras ou ris
Te olha indiferente

Poeta não mente, sente,
Sente e chora tuas lágrimas,
Na hora das lástimas
Veste-se da tua dor e se faz presente