https://www.poetris.com/
Poemas : 

O tempo

 
Relógios
marcam
horas
de afeto.

O tempo
espia
o amor.

O vento
guarda
no céu
partículas
daquilo
que és.

Imagino
o ensaio
de óperas
nos palcos
do mundo.

Agosto passa
nos vestidos
guardados
para a missa
de sábado.

Coleciono
calendários.
Esqueço
insultos.

09.08.2017


Poemas em ondas deslizam nas águas.

 
Autor
RaipoetaLonato2010
 
Texto
Data
Leituras
93
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.