https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

EVAPOROU-SE O AMOR

 
Em minha imaginação
Como a flutuar
Veio a minha imaginação
Por sobre o brilho
Do horizonte.

Veio de longe
A felicidade de
Poder sentir você,
Pois o anda que
Existia era tudo,
O verde era supremo,
O céu da cor de anil,
E a liberdade de
Poder viver
Era enorme
Pois tinha
No coração a
Vontade de
Poder amar,
Junto ao raio
De sol que
Queimava eu nas
Noites de lua cheia
Que iluminava
Cada canto.

De repente
Evaporou-se o amor,
Diminuiu a paixão
E novamente eu me vejo
Tão só e perdido
No meu pensamento
A sua espera
Meu amor de
Que um dia
Irá voltar para
Os braços de
Quem realmente
Ama-te de verdade.

Comendador Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –
Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)


A cada estrela que brilha,
apenas sinto o teu olhar
A me observar com as
Tuas doces palavras de amor
Que toca o meu coração.
Comendador Marcus Rios
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/pt/deed.pt_PT

 
Autor
MarcusRios
 
Texto
Data
Leituras
32
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.