https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Cheia de fel..

 
Lembras-te? Quando eras tu a minha vida?
Quando com a minha pena foste tu também ferida?
Só porque eu queria escrever?

E será que ainda te recordas?
Do poema " Ver- te de frente "
quando de facto
é somente do meu verso que te enamoras?

E nestes anos já passados
tantos nossos segredos aqui revelados
repousando numa urna de papel
O meio copo teu de tinta estava vazio
A outra minha metade da pena estava cheia de fel...

 
Autor
kripy
Autor
 
Texto
Data
Leituras
595
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
7
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 21/09/2020 23:59  Atualizado: 21/09/2020 23:59
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 2286
 Re: Cheia de fel..
Um amor delicado, que pena transformou _se em fel! 😢 poema!
Abraço fraterno.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/09/2020 12:53  Atualizado: 24/09/2020 12:53
 Re: Cheia de fel..
Que veneno!
Kripy(tonita)
Bom ler-te, mesmo que traga amargura ao final...
Abraço


Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 24/04/2021 09:53  Atualizado: 24/04/2021 09:53
Colaborador
Usuário desde: 01/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4302
 Re: Cheia de fel.. P/ Kripy
Olá meu filhote poético,

Voltando após muito tempo...

Foi uma delicia fazer a leitura destes versos, algo diferentes, desde a última vez que te havia lido.

Estes versinhos estão um must e eu adorei o teu poema.
Parabéns

Beijinhos

Eureka/Maria