https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

AFECÇÕES

 
O mundo está doente;
Com ele, o ser humano enfermo...
Tudo o que ocorre é excerto
Aqui e acolá, indubitavelmente.

Nada é acaso... Embebe-se a mente
Das mazelas que são o enterro
Das consciências... E o homem, lerdo,
É o miasma de si mesmo... Indiferente!

Configurou-se o destino que fantasia
O ébrio ocaso onde morre o dia
Que nada mais foi que horas reiteradas!

O hoje não existe... O amanhã foi ontem,
Cada aurora é uma novela no horizonte
Onde os personagens dormem sobre almofadas!


DE Ivan de Oliveira Melo


 
Autor
imelo10
Autor
 
Texto
Data
Leituras
280
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 08/02/2021 10:18  Atualizado: 08/02/2021 10:28
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: Brasileira
Mensagens: 1569
 Re: AFECÇÕES
Estamos deitados sem almofada ,sem belos sonhos. Estamos dormindo de olhos abertos e ainda sim tendo pesadelos.
( sem esperança e ainda sendo ameaçados por algo desconhecido )