https://www.poetris.com/
Rondel : 

~ SAUDADE QUE AZUCRINA ~

 
Na saudade que azucrina
A sina de quem tanto ama
Que vive p’la flor mais fina
A flor que o coração clama

No jardim que me fascina,
A sedentíssima chama!
Na saudade que azucrina,
A sina de quem tanto ama!

O meu tempo se derrama,
Na paixão que m’ilumina!
Ao recriar nossa cama
Sinto a permanente flama,
Na saudade que azucrina!

Freitas Júnior - Poeta

Texto da obra EXODUS IN POESIA
ISBN: 978-85-553-0024-0

OBRA DISPONÍVEL NA AMAZON:
amzn.to/37nTUmr

 
Autor
amifrejr
Autor
 
Texto
Data
Leituras
128
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 02/03/2021 01:54  Atualizado: 02/03/2021 01:54
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6958
 Re: ~ SAUDADE QUE AZUCRINA ~
No amor, o derrame do tempo
É eterno ao lado da pessoa amada.

Belo poema, adorei.

Abraço!
Upanhaca