https://www.poetris.com/
Poemas -> Reflexão : 

À espera

 
Tags:  caminho    espera    vontade    impossivel  
 
À espera

Estou à espera
Que esperas tu?
Que fujas de onde estás presa.
Que sejas o que queres ser.
Que não faças a vida esperar.
Vai faz a tua vontade.
Entrega-te ao teu desejo
Mata a esperança declinante.
Ousa ter,
Usufrui do que a vida te dá.
A vida escoa-se
Anda, vem daí.
Estou à espera.
Posso esperar?
Sei que não queres, mas espero.
Estás bem, confortável,
na poltrona revestida de encanto e júbilo.
A vida chama por ti.
A vida está em chama.
A chama não é eterna.
Sei que não queres,
desespero não sei quando desisto.
Mas resisto!
Onde espero?
Posso esperar?
A vida chama por ti.
Espero aqui, acolá ou além?
Espero bem perto de ti.
Não vês, sim eu sei.
Não me vês à muito tempo.
Gostas de me ver?
Quero estar perto de ti.
Leva-me contigo, se queres.
Queres mas não podes
Desejas mas estás indecisa.
Sabes o caminho?
Então vem
Saboreia o caminho
Deixa que este sonho permaneça,
e desfaleça em teus braços.
Deixa-me ouvir cada palavra
deste amor impossível.
JJG
2021/06/05

 
Autor
JJG
Autor
 
Texto
Data
Leituras
63
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 07/06/2021 22:55  Atualizado: 07/06/2021 22:55
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: Brasileira
Mensagens: 975
 Re: À espera
Lindo poema.