https://www.poetris.com/
Poemas : 

Aos que não se tocam

 
Manter o equilíbrio
Para o que não ecoa.

Seguir inanimadamente,
Inanimadamente por onde encontramos os vesanos

Que já partiram para marte há muito tempo,

Passar por mercúrio,

Fazer a festa na lua

Calçar os reais poemas

Atacando as lonjuras

Como se fossem sapatilhas

A voar à volta do sol.



Fazendo crescer ao lado dos picos das rosas um girassol.

 
Autor
Esqueci
Autor
 
Texto
Data
Leituras
89
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.