https://www.poetris.com/
Contos -> Humor : 

Procuro um amor

 
Tags:  festa    dança    juventude  
 
PROCURO UM AMOR
 
 
Eu estou sozinho, não tenho um amor
A minha juventude há muito que acabou
Não sei o que fazer, oh... que horror
Coração abandonado, que sempre amou.

Experiência da vida, mas sem palavras
As palavras de hoje não são de antigamente.
As palavras antigas nas novas encrava
E as modernas não entram, na minha mente.

Mas houve alguém que me deu uma ideia
Para ir a uma discoteca, e ir dançar,
Então irei à discoteca da minha aldeia
E uns piropos à minha maneira irei lançar.

Dançando, belas palavras vou sussurrar,
Palavras doces de amor a uma mulher,
Docemente aos ouvidos lhe irei cantar
Uma canção doce, uma balada de morrer.

Jovem, brevemente, 90 lindas primaveras
Sempre guardei comigo palavras belas
Vou tentar a minha sorte,lanço-me às feras
Vou-lhe dizer que o meu amor é só para ela.

Se encontrar uma jovem que tenha oitenta
Pouco importa, portuguesa ou brasileira,
Vou por nas minhas palavras mais pimenta
Talvez que assim alguma caia na ratoeira.

A. da fonseca



SOU COMO SOU E NÃO COMO OS OUTROS QUEIRAM QUE EU SEJA

Sociedade Portuguesa de Autores a Lisboa
AUTOR Nº 16430
http://sacavempoesia.blogspot.com em português
http://monplaisiramoi.eklablog.com. contos para as crianças de 3 à 103 ans
http://a...

 
Autor
Alberto da fonseca
 
Texto
Data
Leituras
138
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 06/12/2021 15:46  Atualizado: 06/12/2021 15:46
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: Brasileira
Mensagens: 1703
 Re: Procuro um amor
.

Confesso que algumas palavras ficaram encravadas, mas o poema é de humor e conseguiu fazer cair na gargalhada.