https://www.poetris.com/
Poemas : 

Sopro

 
A vida é tão leve e frágil
que às vezes tudo muda só num sopro,
deste um sopro
e eu voei fui para bem longe.
Aqui estou
Aqui só
Pujam de gente
Fresta de alguém
Sem esperar nada.
Espreito as estrelas pela noite
e nada vejo,
Fresta, fresta
que me levaste a madrugada.

Fui silêncio
pelas lágrimas que nem lambeste
fui a dor da tua razão
mais aldrabada.

Aqui de cega
marmorizada
não peço nada.

 
Autor
Abissal
Autor
 
Texto
Data
Leituras
134
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
4
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Simonekarinna*
Publicado: 13/01/2022 05:49  Atualizado: 13/01/2022 05:49
Da casa!
Usuário desde: 14/10/2021
Localidade:
Mensagens: 303
 Re: Sopro
*como sempre, sinto minh'alma vestida dos teus versos...
Muita empatia com tua escrita.
Abraços de fã
S.k*


Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 17/01/2022 01:33  Atualizado: 17/01/2022 01:33
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade: Luxor (Egito) / काठमाडौं (Nepal)
Mensagens: 1342
 Re: Sopro
Um poema de profunda melancolia. A dor e o abandono transbordam dos versos. É impossível não ter uma imediata empatia com a história dos versos e, de imediato, imaginar que noutra história de igual beleza, se chegue a um final feliz. Saudações.