https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sopro de asas

 
Que luz é essa
Que em mim resplandeceu
Tão pequenina,
Ao longe a vejo
distante
Como a noite
que em mim se fez.

Reduzida a pó
e a cinzas,
Sopro
Luminoso
De uma candeia
Que neste mesmo dia
me beijou
e fez
feliz.

 
Autor
Esqueci
Autor
 
Texto
Data
Leituras
242
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
1
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ALFA
Publicado: 22/11/2022 22:10  Atualizado: 22/11/2022 22:10
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1371
 Re: Sopro de asas
Os pequenos nadas, da vida
São os que nos fazem viajar
Por Isso ela nos é querida
Nas suas asas nos faz voar!