https://www.poetris.com/
Poemas : 

Boca

 
Ah, essa boca que me instiga
Tão bem desenhada e rosada
Que eu queria poder beijá-la
Um mistério que me convida
A descobri-la com suavidade
Sonhar apenas, viajar talvez
Nesse contorno de perfeição
Descobrir a alma de sua dona
Mansamente antes de acordar.


Dor e angústia protagonizam o show
Quando a noite vem, a mágica se faz
Nasce o poema das entranhas feridas
Então, abro as asas e voo ao infinito.




 
Autor
Mr.Sergius
 
Texto
Data
Leituras
71
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.