https://www.poetris.com/
Poemas : 

Colorindo as sombras de uma saudade anoitecida

 
 

as folhas não chegaram
para tantos recados
de um coração abarrotado
de sentimentos

o caderno
agora fechado
tumula uma épica
vontade de te amar
que galgou as margens das páginas
tentando chegar-te
como riscos de cometa
marcando silêncios
nas noites escuras
dos olhares
calados
e sem pressa

desisti
de te procurar
fora dos lugares
a onde não estás

sei das tuas moradas
uma delas
fica no centro
de um peito
que foi feito
para te abraçar




 
Autor
Frágilvocábulo
 
Texto
Data
Leituras
105
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge Santos
Publicado: 25/01/2023 14:22  Atualizado: 25/01/2023 15:14
Subscritor
Usuário desde: 18/08/2021
Localidade: Azeitão, Setúbal, Portugal
Mensagens: 1977
 Tenho saudades de ser ninguém
Open in new window